Blog

Open Banking: entenda como funciona

Open Banking é um sistema de compartilhamento de dados financeiros que tem por significado Sistema Financeiro Aberto. É uma inovação do Banco Central do Brasil. Esse compartilhamento dos dados é feito através de APIs, que é a interface de programação de aplicações onde, de um modo fácil para entendimento, é um conjunto de padrões que permite que sistemas diferentes compartilhem dados entre si.

Portanto, vamos te mostrar um pouco dos benefícios que o seu negócio pode ter ao aderir o Open Banking:

  • Otimização de tempo 

Por compartilhar os dados financeiros, não será necessário que você entre em vários Aplicativos para acessar as informações financeiras da sua empresa. Ou seja, você terá tudo integrado em um só lugar, o que tornará sua vida mais prática e facilitará o seu controle financeiro.

  • Opções de crédito

As empresas terão facilidade no momento de escolher quais instituições poderão fazer negócios e quais as melhores taxas do mercado. Dessa forma, poderá fazer uma comparação entre os serviços para aceitar a melhor oferta. E, ainda, você não perderá seu histórico de crédito ao mudar de instituição, todas as informações ficarão disponíveis no Open Banking.

  • Taxas menores

As instituições terão que se adaptar a essa nova modalidade. Devido a alta competitividade que o mercado irá apresentar, eles terão que oferecer um diferencial, que serão as melhores condições de tarifas, visto que terão várias instituições envolvidas nesse mercado.

Mas o Open Banking é seguro?

As trocas de quaisquer tipos de informações serão feitas somente com a autorização dos clientes. A LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados, estabelece a norma do consentimento, para que os seus dados sejam protegidos, podendo também definir qual será o prazo que tais informações ficarão no domínio das demais instituições.

Vale lembrar que o Open Banking é seguro, mas ainda há muitos riscos de golpes, por isso, fique atento aos links e e-mails que você abrirá em seu dispositivo eletrônico. Infelizmente, muitos deles têm o intuito de roubar os seus dados bancários.

Caso você queira mudar de instituição, por qualquer motivo que seja, o Open Banking vai permitir que você leve todas as informações para o outro banco. Isso se torna uma ótima iniciativa para as empresas, porque é sempre bom ter em mãos os comprovantes de depósitos, de pagamentos de salários, pagamentos de fornecedores e etc.

Cronograma e Funcionalidades

Nesse ano de 2022, tem um cronograma para que ocorra a liberação de algumas funcionalidades do Open Banking, que ainda está em fase de implementação.

  • 15 de fevereiro de 2022: Compartilhamento de serviços e transferências entre contas do mesmo banco e TED; 
  • 30 de março de 2022: Compartilhamento do envio de propostas de operações de crédito;
  • 31 de maio de 2022: Compartilhamento de dados de clientes sobre demais operações financeiras, como câmbio, investimentos, previdência e seguros;
  • 30 de junho de 2022: Compartilhamento de serviços de pagamento por boleto;
  • 30 de setembro de 2022: Compartilhamento de serviços de débito em conta.


São muitos os benefícios que o Open Banking oferece, mas o que mais nos chama atenção, é a praticidade. Em um dia a dia corrido, envolvendo trabalho, família e amigos, o que nós precisamos é de facilidade para resolver o que for preciso. O Open Banking te permitirá essa facilidade, de forma que você tenha todos os seus dados financeiros em um só lugar. Então, adapte-se a essa revolução no sistema financeiro.

Ah!  Se tiver alguma dúvida sobre nosso post, entre em contato conosco!

Escrito por Letícia de Paula

@lehdepaaula

Deixe um comentário

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se e receba notícias sobre contabilidade, gestão e outros assuntos.